Autarquia Digital

Inovação na Administração Pública Autárquica


Deixe o seu comentário

Convite para evento sobre Melhores Práticas de Gestão de Projeto na Administração Pública


winning

A Winning e a Microsoft têm o prazer de o convidar para o evento Melhores Práticas na Gestão de Projetos na Administração Pública que irá decorrer no próximo dia 3 de Março em Lisboa no auditório da Microsoft Portugal a partir das 9h00.

A administração pública desenvolve inúmeros projetos de transformação e inovação, financiados de diferentes formas. A melhoria das práticas de gestão de projetos vai estimular uma maior eficácia na realização destes projetos e – sobretudo – apresentar valor e benefícios às estruturas financiadoras e dirigentes melhorando a credibilidade dos seus promotores e a qualidade do serviço público prestado aos cidadãos.

É este o mote da realização deste evento, que conta com a participação da ESPAP que vai partilhar a sua visão para uma plataforma partilhada de metodologias e ferramentas. A Winning apresentará as boas práticas de gestão de projeto no contexto da administração pública (central e local) e partilhará uma framework de medição de valor e benefícios dos projetos.

Este evento atribui 2 PDU’s para a Certificação PMP.

Participe. É nosso convidado! Inscreva-se aqui.

gestão de projeto


1 Comentário

Estudo sobre Gestão de Conhecimento em Portugal


knowman-verdeA Knowman volta a realiza o estudo sobre gestão de conhecimento, que abrange tanto entidades privadas, como públicas. Esta mensagem pretende desafiar a administração local a mobilizar-se para responder ao inquérito deste anos (2015) sabendo que demora menos de 10 minutos, oferece prémios e – mais importante – permite aferir quais as reais práticas de gestão de conhecimento que as nossas autarquias têm.

O resultado dos anos anteriores podem ser consultados na página “outras edições“, para vossa análise e referência.

2010, 2011, 2013. É agora a vez de 2015.

O presente questionário enquadra-se na 4ª edição de um estudo, desenvolvido pela Knowman, com o propósito de analisar a implantação da Gestão de Conhecimento nas organizações em Portugal.

O questionário poderá ser preenchido até ao dia 15 fevereiro 2015.

Os dados recolhidos serão agregados e anonimizados para análise e os seus resultados serão disponibilizados para consulta.

O tempo médio de resposta ao questionário é 10 minutos.

Para agradecer o seu tempo…

  • enviamos-lhe um resumo das suas respostas para que possa iniciar / continuar um diálogo sobre Gestão de Conhecimento na sua organização
  • vamos sortear 1 workshop “KM Starter” ou “KM Booster” pela Knowman
  • vamos sortear 2 bilhetes para assistir ao Social Now Europe 2015 (Amesterdão, 20 e 21 Abril)
  • vamos oferecer um exemplar das Cartas COTEC de Gestão de Conhecimento à quinta de cada cinco respostas válidas recebidas.

Os dados das anteriores edições deste Estudo encontram-se disponíveis para consulta em http://gc.knowman.pt/.

Em nome da Knowman, agradeço desde já o seu tempo.

Ana Neves


Veículos elétricos para a administração local?


canter eletrica

Agora que o Ministro Moreira da Silva anuncia a aquisição de 1.250 veículos elétricos para a administração pública até 2020, pergunto: a administração local também se está mobilizar para adoção destes veículos? Sejam: carros, autocarros, veículos de carga ou transporte, motas ou bicicletas…

Além das Câmaras de Lisboa, Porto e Abrantes dos testes em situação real com oito veículos comerciais Mitsubishi Canter eléctricos fabricadas no Tramagal, há mais alguma experiência ou estratégia de mobilidade eléctrica conhecida nas nossas autarquias?


Cidadania 2.0: Movimento Milénio


Movimento Milénio: Movimento Milénio foi uma iniciativa nacional para a procura de respostas para o futuro, revelação de caminhos e tendências com verdadeiro impacto na vida dos portugueses.

Banner do Movimento Milénio
O Movimento Milénio lançou o desafio a todos os cidadãos na procura de soluções para as grandes questões que vão definir e caracterizar a vida das próximas gerações de portugueses em quatro grandes áreas: Democracia, Negócios, Cidades e Consumo.


Cidadania 2.0: Global City 2.0


Global City 2.0: Uma rede informal de “movimentos cívicos de cidade” e um espaço de reflexão sobre o potencial destas formas emergentes de “democracia de proximidade para transformar as cidades e a vivência urbana no seu todo.

Screenshot do Global City 2.0

O projecto ‘GLOBAL CITY 2.0′ pretende constituir-se como uma REDE INFORMAL DE ‘MOVIMENTOS CÍVICOS DE CIDADE’ e um ESPAÇO DE REFLEXÃO sobre o POTENCIAL DESTAS FORMAS EMERGENTES DE ‘DEMOCRACIA DE PROXIMIDADE’ para transformar as cidades e a vivência urbana no seu todo.

Esta é uma iniciativa desenvolvida pelo movimento ‘Cidades pela Retoma’ (http://noeconomicrecoverywithoutcities.blogs.sapo.pt/ & https://www.facebook.com/groups/cidadespelaretoma/ & https://www.facebook.com/CidadespelaRetoma) em parceria com um conjunto de instituições/organizações de Portugal, Brasil, Espanha, Argentina, Itália, Reino Unido, Estónia, Israel, Austrália e Estados Unidos envolvendo uma rede de investigadores, profissionais e demais cidadãos interessados.

Screenshot do Global City 2.0


Cidadania 2.0: Sistema de Informação para o Património Arquitectónico


Sistema de Informação para o Património Arquitectónico: Consulta, convida os cidadãos a criar novos registos de inventário relativos a património arquitectónico, urbanístico e paisagístico

Logo do Inst Habitação e da Reabilitação Urbana

São objectivos genéricos do SIPA constituir-se como ferramenta de informação de suporte às políticas, às estratégias e às acções de intervenção no ambiente construído, designadamente as que visam o ordenamento do território, o desenvolvimento regional, a qualificação e reabilitação urbanas e a salvaguarda e valorização do património arquitectónico, urbanístico e paisagístico.

SIPA-screenshot

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 3.736 outros seguidores