Autarquia Digital

Inovação na Administração Pública Autárquica


Utilização de TIC na Administração Pública Local em 2011


Logotipo do Observatório da Sociedade da Informação e do Conhecimento

A UMIC publicou os resultados da edição de 2011 dos inquéritos sobre a utilização de TIC na Administração Pública Central, na Administração Pública Regional (Açores e Madeira), e nas Câmaras Municipais. A taxa de resposta a este inquérito foi de 100%.

As principais conclusões são relativamente à Administração Local foram:

  • Todas as Câmaras Municipais dispõem de ligação à Internet:
    • 99% com larguras de banda superiores ou iguais a 2 Mbit/s.
    • 43% das Câmaras Municipais têm ligações com larguras de banda iguais ou superiores a 16 Mbit/s.
  • 37% dos trabalhadores das Câmaras Municipais utilizam regularmente a Internet.
  • 72% das Câmaras Municipais têm políticas internas de acesso generalizado à Internet.
  • A Internet é fundamentalmente utilizada para atividades de procura e comunicação de informação: procura e recolha de informação/documentação (99%), correio electrónico (98%), troca electrónica de ficheiros (98%), comunicação externa com outros municípios, juntas de freguesia e organismos da AP Central (91%), consulta de catálogos de aprovisionamento (88%), acesso a bases de dados (87%), interface com o cidadão (82%).
  • As atividades realizadas através da Internet que mais cresceram nas Câmaras Municipais foram: compras electrónicas (68% das Câmaras Municipais); venda de bens e serviços (33% das Câmaras Municipais).
  • Os principais serviços disponibilizados em sítios de Câmaras Municipais na Internet são:
    • download e impressão de formulários (94%);
    • consulta pública pela Internet (82%);
    • correio electrónico (80%);
    • subscrição de newsletters pela Internet (70%);
    • sistemas de Informação geográfica / mapas interativos (62%);
    • pedido de recolha de lixo, limpeza de ruas (44%);
    • serviços de biblioteca online (43%);
    • bolsa de estágios e de emprego (39%);
    • preenchimento e submissão de formulários online (39%);
    • apoio ao utilizador (38%);
    • inquéritos aos cidadãos pela Internet (35%);
    • acompanhamento de processos de obras particulares (29%).
  • 57% das Câmaras Municipais utilizaram comércio electrónico para efectuar encomendas.
  • 47% das Câmaras Municipais declaram que os seus sítios na Internet satisfazem pelo menos o “nível A” das diretrizes de acessibilidade para cidadãos com necessidades especiais do W3C.
  • 20% das Câmaras Municipais declaram que os seus sítios na Internet satisfazem pelo menos o “nível AA” das diretrizes de acessibilidade para cidadãos com necessidades especiais do W3C.
  • Respectivamente 73%, 68% e 48% das Câmaras Municipais usam software de código aberto para os sistemas operativos, para os servidores de Internet e para outro tipo de aplicações.
  • Quanto a segurança informática:
    • 99% das Câmaras Municipais usam software antivírus,
    • 95% usam firewall,
    • 91% usam filtros antispam,
    • 53% utilizam servidores seguros,
    • 40% asseguram cópias de segurança dos sistemas de informação em locais exteriores.


Utilização de TIC nas Câmaras Municipais


UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP

A UMIC lançou um inquérito às câmaras municipais sobre a utilização das TIC, o qual deve ser efectuada através de preenchimento do Questionário Online IUTIC 2011 – Câmaras Municipais.

Também lançou inquérito semelhante para a Administração Pública Central e Regional com o respectivo Questionário Online IUTIC 2011 – Administração Pública Central e Regional.

Na qualidade de Autoridade Estatística Nacional assumida em consequência do protocolo de delegação de competências assinado com o INE – Instituto Nacional de Estatística, IP, a UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP é responsável pela realização das operações estatísticas anuais de inquirição sobre a utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) na Administração Pública Central e Regional (Açores e Madeira). O Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação (IUTIC) – Câmaras Municipais é um Instrumento de notação do Sistema Estatístico Nacional (Lei 22/2008 de 13 de Maio) de resposta obrigatória, registado no INE, sob o nº 10022, a qual deve ser efectuada através de preenchimento do Questionário Online IUTIC 2011 – Câmaras Municipais.

Prevê-se a publicação dos resultados estatísticos em Dezembro de 2011.


Sociedade da Informação nas autarquias em 2010


UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP

A UMIC publicou no dia 1 de Março os resultados da edição de 2010 dos inquéritos sobre a utilização de TIC na Administração Pública Central, na Administração Pública Regional (Açores e Madeira), e nas Câmaras Municipais.

A principal conclusão é que todas as Câmaras Municipais dispõem de ligações à Internet. As ligações têm larguras de banda superiores ou iguais a 2 Mb/s em 84% dos organismos da Administração Pública Central, 78% dos organismos da Madeira, 54% dos organismos dos Açores e 92% das Câmaras Municipais.

Mas há outros dados ingualmente interessantes, no que diz respeito ao uso das TIC nas autarquias. O documento com todos os dados pode ser consultado aqui.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.500 outros seguidores