Em tempo de crise, como poupar com as tecnologias ?


image

Estamos em crise. O petroleo ora sobe ora desce, os mercados idem, há uma grande incerteza nas organizações com consequência imediata na necessidade de conter ou reduzir custos.

Neste cenário, a tecnologia pode dar uma ajuda fundamental, ao automatizar funções, reduzir custos operacionais e disponibilizar novas funcionalidades.

Como? os seguintes exemplos dão o mote.

Virtualizar

image

Virtualizar servidores. A virtualização é uma técnica que permite que uma único equipamento servidor possa “correr” vários servidores virtuais, simulando o seu hardware. Com esta técnica reduz-se o número de servidores necessários para uma organização, com a consequente poupança nos cutos de aquisição, manutenção e operação. Exemplo de solução de virtualização.

Comunicações unificadas

Reduzir os custos de comunicações e telecomunicações através de uma solução de comunicações unificadas. Estas permitem contacto de voz e imagem (video conferência) entre quaisquer dois (ou mais) colaboradores da organização. Especial referência para a Roundtable (imagem anexa), que é uma câmara inovadora que filma à volta de uma mesa de reuniões em 360º. Muito, muito bom.

Padronização, automação

image

Estação padrão e estratégias de instalação automática. Ao fazer  convergir uma mesma imagem das estações de trabalho, está-se a “normalizar” e a reduzir os custos de operação apenas pelo simples facto de ser mais fácil identificar e corrigir quaisquer “problemas” nestas estações de trabalho. Aliado a uma estratégia de instalação automática, fica-se com uma solução que reduz custos e tempos para uma resposta mais rápida.

Reduzir consumo de papel e consumiveis

42-17994381 - Summer Tree

É impressionante a quantidade de papel que se imprime e que ninguém lê. Se passarmos de uma situação de impressão generalizada para uma em que a impressão é a excepção e não a regra, estaremos seguramente a reduzir consumos desnecessários e a poupar umas árvores. O exemplo da CM do Porto é de realçar, mas queria chamar a atenção para a potencialidade do Rights Management como tecnologia, não apenas para controlar acessos – como é seu designio, mas também para gerir quem pode e não pode imprimir um determinado documento.

Resultado?

42-16986828 - Businessman Drawing Line

O resultado destas iniciativas permite (seguramente) às organizações terem uma custo de operação mais reduzido. Nestes tempos de crise, são boas noticias. Outras iniciativas haverão, mas estas são um “investimento seguro” para reduzir custos.

Comentários? Outras iniciativas?

 

Anúncios

2 thoughts on “Em tempo de crise, como poupar com as tecnologias ?

  1. Caro Hugo Cartaxeiro,

    Excelentes propostas! Há todo um mundo a descobrir, no que aponta a uma maior racionalização e operacionalização de recursos TI/SI, na Administração Pública.

    Julgo que os verdadeiros factores Inovadores e Diferenciadores, dos investimentos públicos em TI/SI, estão algures no velho mas renovado conceito de “Fazer MAIS, com cada vez menos”. Por outro lado não se pode deixar de lado, investimentos importantes e muy relevantes para o bom serviço da Administração Pública Local ou Central: CRM – Citizen Relationship Management. Não se pode deitar fora o Bébé com a água do banho !!!

    Grande Abraço, deste Leitor Atento,
    Miguel Fabiana

Os comentários estão fechados.