Comissão Nacional de Eleições impõe limites ao uso do Facebook


cneAté onde pode ir uma campanha eleitoral no Facebook? Uma decisão da Comissão Nacional de Eleições pode abrir precedentes na utilização das redes sociais nas campanhas eleitorais, onde a lei não é explícita.

Segundo um artigo publicado no Tek Sapo, uma comunicação da Comissão Nacional de Eleições dirigida aos candidatos do PPD/PSD, MPT e PS à Câmara da Nazaré, a que o TeK teve acesso, mostra que nem tudo é permitido no reino das redes sociais. 

“Questionado pelo TeK, o porta-voz da CNE admitiu que a Comissão não tem nenhum mecanismo de averiguação sobre o cumprimento das regras na presença dos candidatos às eleições nas redes sociais, e que este caso foi iniciado depois da queixa de um eleitor. “Não fazemos investigação preventiva”, afirmou, explicando que é sempre pedido a queixoso que apresente meios de prova dos atos que considera faltosos e que depois são investigados à posteriori.”

Fonte: Tek Sapo

Anúncios