Homicídio na Câmara Municipal


homicidio na câmara municipalCascais, Porto e Lisboa são os cenários desta ficção policial contada de modo escorreito, sem ambiguidade. Autarquias, autarcas, firmas de construção e empresários, offshores, políticos, grandes escritórios de advogados, figuras execráveis, comportamentos agoniantes, ambições rasteiras, avidez torpe, violência sexual, sexo comprado, a podridão e a corrupção sufocantes que levam as sociedades ao vazio e os Estados à dissolução. Mas o livro tem também o contrário edificante, dissonante, frágil e cercado nesse pântano. Qualquer semelhança com alguma situação real é absolutamente improvável e, a verificar-se, seria, claro, uma incrível coincidência.
A autora é assessora jurídica na Câmara Municipal de Lisboa. Este romance é o seu primeiro livro publicado.
Sandra Neves nasceu em Setúbal a 16 de Fevereiro de 1973.
Desde sempre apaixonada pela escrita, começou muito jovem a elaborar pequenos contos e histórias ainda hoje guardados ciosamente numa das gavetas da sua secretária. Jurista de formação, mestranda em ciências jurídico-empresariais e pós-graduada em direito do urbanismo e organização do território, pertence, desde 2001, aos quadros de pessoal da Câmara Municipal de Lisboa. Fascinada pelo mundo político e autárquico, escreve esta sua primeira obra de ficção sobre o tema, fornecendo uma perspetiva crítica acerca de muitos aspetos da sociedade moderna.
Anúncios