Cidadania 2.0: In My Shoes


In My Shoes: Projecto social que visa sensibilizar a sociedade para a integração de pessoas com deficiência e/ou incapacidade.

inmyshoes

Estando o indivíduo ao longo do seu ciclo de vida em vários contextos, desde que é criança até ser adulto, tivemos a necessidade de dividir a sociedade em três grandes eixos: Trabalho, Educação e Comunidade. No In My Shoes acreditamos numa cultura inclusiva.

“Cada um decide a pegada que deixa no Mundo. Como gostarias que fosse a tua?”

O projeto em breve terá uma plataforma online, atualmente em construção, e onde haverá informação sobre os três eixos de actuação:

  • trabalho
  • saúde
  • comunidade.

Para além dessa plataforma, o Facebook tem sido explorado de forma estratégica e usado como rampa de lançamento. O projeto está também noutras redes (Twitter, Google+ e LinkedIn), ainda que essa presença tenha que ser mais explorada.

Os benefícios identificados na utilização das redes sociais têm sido:

  1. Interação de forma mais direta com o público e ter um alcance muito interessante. Tudo isto é mensurado e permite adaptar os conteúdos semanalmente. Com 1940 seguidores atuais no Facebook, o alcance semanal do conteúdo chega às 16000 mil pessoas em Portugal e no Mundo;
  2. Os parceiros estão constantemente informados das atividades (comunicação clara e transparente), permitindo manter e consolidar estas redes;
  3. A informação é transmitida de forma actualizada aos nossos seguidores sobre os diversos temas ligados à missão do projeto.

As redes/ferramentas sociais têm sido potenciadoras da abordagem escolhida para este projeto. Foi pelas redes que começou e que as pessoas ouvem falar do projeto. As redes são muito importantes para o projeto In My Shoes pois, através delas, a informação pode chegar a qualquer pessoa que tenha Internet e dotá-la de conhecimentos e ferramentas que ajudem a melhorar a sua qualidade de vida e os serviços prestados a pessoas com deficiência e/ou incapacidade.

A participação em conferências e apresentações tem resultado num aumento imediato de seguidores e interações na página do projeto no Facebook.

 

Anúncios

Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrónico


image

O Governo Brasileiro apresentou o guia de acessibilidade para o governo electrónico – Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico.

O governo eletrônico disponibiliza, de forma gratuita, para toda a sociedade, software e documentos que auxiliam e orientam profissionais na construção, adequação, avaliação e correção de páginas, sítios e portais da Internet, garantindo assim o controle da navegação e o pleno acesso dos usuários aos conteúdos e serviços do governo, independentemente das suas capacidades físico-motoras e perceptivas, culturais e sociais.

e-MAG – Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico – recomendações a serem consideradas pelos desenvolvedores de conteúdo para que o processo de acessibilidade dos sítios e portais do governo brasileiro seja conduzido de forma padronizada e de fácil implementação.

In http://www.governoeletronico.gov.br/acessibilidade

Acessibilidade dos conteúdos Web dos municípios portugueses


image

A Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade torna público o estudo levado a efeito durante o ano de 2009 à acessibilidade dos conteúdos da Web dos municípios portugueses.

Na linha da metodologia do estudo “eAccessibility of public sector services in the European Union”, publicado em 2005 aquando da Presidência da União Europeia pelo Reino Unido, o presente estudo localizou, com precisão, em que áreas os municípios portugueses devem actuar para melhorar a acessibilidade dos seus conteúdos.

(…)

Descarregue abaixo o documento integral do estudo com cerca de 60 páginas.

In SUPERA estuda a acessibilidade dos conteúdos Web dos municípios portugueses